Dicas para combinar conforto e funcionalidade no mesmo lugar

top-img

Utilizadas para a tomada de importantes decisões, tanto as salas de reunião como conferência, e até treinamento, estão cada vez mais presentes nas empresas. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas que podem ajudá-lo a criar espaços – práticos e multifuncionais – que atendam profissionais de perfis variados. Confira!

1. Valorize o conforto
Opte por móveis com diferenciais que contribuam para o conforto e funcionalidade das sala de reuniões. Na maioria das vezes eles exercem mais de um papel, como uma sala de conferências transformada em espaço de treinamento, que podem prolongar a jornada de trabalho.

img-um

A mesa de reunião oval é uma boa dica para alocar mais pessoas. Opte por modelos com base central para que caiba um número maior de cadeiras, mas sem comprometer o conforto de quem senta ao redor da mesa.

Veja opções de mesas ovais

img-um2

Cadeiras ergonomicamente corretas – com braços, encosto e assento reguláveis – são ideais para estes espaços. Cadeiras fixas, desde que possuam encosto e assento estofados, adequam-se bem a espaços mais simples.

Veja opções de cadeiras reguláveis

 

redonda

quadrada

retangular

oval

4 lugares

ø 1.10

6 lugares

ø 1.20

1.30 x 0.75

8 lugares

1.40 x 1.40

1.60 x 0.75

1.98 x 1.22

10 lugares

1.80 x 0.95

2.17 x 1.17

2. Atente-se à tecnologia
O mobiliário das salas de reunião e videoconferência precisa facilitar o uso de tecnologias como projetores, monitores, telefones, laptops e impressoras. Uma boa aposta para espaços assim são mesas com saída para cabos de rede e fios elétricos para conectar os equipamentos.

img-tres

O painel pode ser um bom aliado para suspender o monitor LED utilizado durante as videoconferências.

Veja opções de painéis para TV

img-tres2

Opte por mesas com passa-fios para ter acesso garantido a rede elétrica, ou até telefônica, e todos os equipamentos que fazem uso dela durante a reunião.

A disposição dos equipamentos eletrônicos deve ser estratégica, portanto, procure instala-los em locais onde o acesso a eles seja o mais prático e simples possível.

 

3. Acerte na iluminação
O uso correto da iluminação costuma ser essencial para o bom desempenho de determinadas atividades em certos ambientes de trabalho. Uma boa dica é escolher modelos com lâmpadas LED ou fluorescentes para evitar consumo ou calor excessivo.

img-quatro

Luminárias com lâmpadas fluorescentes ou LED são ótimas para quem quer baixo consumo e alto rendimento. Outras vantagens são a pouca emissão de calor e a qualidade certa de luz emitida que evita contrastes no ajuste da câmera da sala de conferência.

Veja opções de luminárias de teto

img-quatro2

Pendentes são ideais para salas de reunião onde decoração e iluminação se complementam. O ideal é usá-los com lâmpadas foscas e mantê-los de 70 a 90 cm acima da mesa para evitar que ele comprometa, seja obstruindo ou ofuscando, a visibilidade de quem está sentado à mesa.

Evite instalar luminárias com lâmpadas aparentes ou foco dirigido sobre mesas com superfícies brilhantes, como vidro incoloro e madeira laqueada, pois pode ocorrer reflexo e incomodo à visão das pessoas.

 

4. Adote mobiliário de apoio
Avaliar o ritmo e estilo de trabalho das salas de reunião e conferência ajuda na decisão sobre adotar, ou não, o uso de móveis complementares. Para acertar na escolha de peças extras vale inspirar-se nos mesmos critérios da avaliação para, assim, investir na produtividade do espaço.

img-cinco

Salas de reunião com armários e estantes têm papel multiuso no escritório. Nela é possível ter espaço para o arquivamento de documentos, armazenamento de materiais de trabalho e pontos de apoio para eletroeletrônicos utilizados na sala.

Veja opções de armários

img-cinco2

Aparadores são uma boa alternativa para criar pontos de apoio que ocupam pouco espaço e oferecem muita praticidade. Eles podem receber impressoras, porta-pastas suspensas, bandejas com água e café, telefones e outros itens menores.

Veja opções de aparadores

O foco do mobiliário complementar em salas de reunião, conferência e treinamento é oferecer mais funcionalidade ao espaço, sendo assim, evite o acúmulo de móveis desnecessário à rotina dele.

 

5. Aposte em mesas modulares
Criar soluções eficazes que atendam necessidades do negócio pode fazer parte tanto da pauta da reunião como da rotina de trabalho. Portanto, apostar em mesas com design modular pode ajudar na reorganização do espaço de acordo com a rotina e necessidades dele e daqueles que o usam.

img-seis

Combinadas entre si, as mesas modulares podem ser usadas para compor bancadas de salas conferência, ou treinamento, com dimensão personalizada que respeite o tamanho ou necessidades do ambiente.

Veja opções de mesas modulares

img-seis2

Acerte na escolha do tamanho e matéria-prima da mesa modular: quanto menor e mais leve for o material dela, maior será a rapidez e facilidade na hora de deslocá-la na transformação do ambiente.

Estude bem o tamanho e a matéria-prima da mesa modular escolhida. Quanto menor e mais leve ela for, maior será a rapidez e facilidade na hora de deslocá-la na transformação do ambiente.

 

6. Invista na sala de treinamento
Acertar na escolha do mobiliário utilizado nas salas de treinamento é uma tarefa que exige atenção. Contudo, é preciso, também, cuidar para que espaço escolhido possua características básicas como isolamento acústico e espaço para disposição e circulação dos móveis.

img-sete

Poltronas se encaixam perfeitamente em salas de treinamentos com mais de um papel, como, por exemplo, sala de conferencia. Opte por modelos compactos para distribui-los com facilidade pelo ambiente de acordo com a necessidade dele.

Veja opções de poltronas compactas

img-sete2

Cadeiras empilháveis são grandes aliadas de quem precisa transformar ambientes aleatórios em salas de treinamento. Práticas, elas podem ser transportadas com facilidade, distribuídas de forma personalizada e armazenadas em qualquer espaço da empresa quando fora de uso.

Veja opções de cadeiras empilháveis

Atente-se ao design, qualidade e resistência dos móveis eleitos, pois eles devem suportar uma rotina de uso intenso e adequar-se aos mais variados biótipos de usuários.

 

7. Crie espaços para reuniões rápidas
Que tal reservar um espaço dentro da própria sala ou departamento para organizar bate papos de rotina com a equipe ou receber colaboradores externos? Essa ideia pode, em muitas vezes, ser uma alternativa à disponibilidade de horário da sala de reunião para realizar uma atividade simples e, em muitas vezes, até rápida.

img-oito

Ao ter um espaço de reunião dentro da própria sala, opte por mesa e cadeiras compactas que não comprometam circulação ou conforto de quem as usa. Lembre-se que tal espaço é usado por poucas pessoas dispostas a tratar de assuntos rápidos.

Veja opções de mesas pequenas

img-oito2

Caso um local para reunião dentro da própria sala seja inviável, seja por espaço ou circulação, use a criatividade: crie um pequeno lounge dentro da própria sala para receber colaboradores e acertar pequenos detalhes do dia a dia com mais agilidade e conforto.

Veja opções de sofás

Caso a proposta seja criar um local para reuniões rápidas em departamentos conjugados, avalie bem a escolha do local da mesa para evitar que o som alcance as outras equipes que estão trabalhando.

 

Tags relacionadas: , , , , , , , ,