Da limpeza à prevenção, os cuidados com o colchão podem ajudar a manter o produto sempre confortável por anos


Depois de investir no melhor colchão para você, é comum esperar que ele ofereça o devido conforto e um sono agradável por anos a fio. Em média, um bom colchão é feito para durar de cinco a dez anos ou mais, dependendo de como é sua manutenção. Isso pode ser determinante para diminuir ou aumentar a vida útil da peça.

Considerando fatores naturais e conhecendo as melhores maneiras de manter a cama como um todo, deixar o colchão sempre limpo e saudável é fundamental para um sono tranquilo. A seguir, veja algumas formas de cuidar do seu colchão e prevenir problemas antes que eles aconteçam.

Escolha do colchão: Primeiro passo para manter sua vida útil

Tudo começa na hora de eleger o melhor colchão para você. Lembre-se de considerar o seu peso e da outra pessoa, se tiver, para que a peça seja confortável para ambos. 

É essencial certificar que seu colchão tenha o suporte correto, ajudando a preservar a integridade dos materiais e prevenir possíveis rasgos. Confira sempre as recomendações do fabricante e atente-se às políticas de garantia. Camas que usam estrado devem ser pensadas para suportar o peso das pessoas e do colchão, sem deixar marcas nele.

Descubra qual é o melhor colchão para você >>

Para colchões queen e king size, a cama deve ter barras de suporte. Já camas em plataforma, como as cama-box, podem precisar de suporte extra de acordo com o tipo e peso do colchão.

Procure checar o suporte do colchão anualmente ou de forma periódica, observando se não há madeiras quebradas que podem danificar o colchão.

Use um protetor de colchão

Colchão escolhido, é hora de manter suas características originais e sua longevidade o máximo que puder. Uma das formas mais simples de se fazer isso é usando protetores de colchão.

Um protetor de qualidade oferece proteção antibacteriana e também ajuda a reduzir o acúmulo de poeira e qualquer sujeira que possa chegar à cama.

O protetor de colchão também ajuda a proteger os materiais dentro do colchão, reduzindo a manifestação de possíveis alergias. A peça ajuda a agilizar a limpeza quando algum acidente acontece, além de manter o toque ainda mais macio com sua cobertura extra.

Lave e higienize a roupa de cama regularmente

Mesmo com pouco movimento durante o sono, é comum nosso corpo transpirar e transferir para a roupa de cama suor, óleos, cabelos e células da pele. Além disso, comer na cama pode deixar algumas migalhas que ficam imperceptíveis muitas vezes. Se não houver a limpeza adequada, tudo isso pode passar para o colchão, alimentando bactérias.

Lençóis e cobertores devem ser lavados semanalmente, em média. Mesmo usando um protetor de colchão, é importante manter as camadas superiores sempre limpas – inclusive o próprio protetor, seguindo as orientações do fabricante.

Como cuidar do colchão: Vire-o regularmente

Qualquer tipo de colchão se beneficia com a troca de lado com uma certa frequência. Isso ajuda a promover um desgaste mais uniforme, enquanto usá-lo sempre do mesmo lado pode deformá-lo mais rapidamente. Essa prática pode ser feita de dois a seis meses, principalmente nos primeiros anos de uso.

Sempre que precisar mover o colchão de lugar, vale também tomar alguns cuidados. Proteja-o contra danos, envolvendo a peça em plástico e evitando dobrá-lo. Em uma mudança de casa, por exemplo, é melhor mantê-lo na posição vertical e de lado, se possível, para que não dobre ou caia durante o transporte.

Luz natural: Ideal para cuidar do colchão

Sempre que puder, deixe as janelas ou portas do quarto abertas para a entrada de luz natural no quarto, deixando o colchão exposto. Isso deixa o ambiente e a própria peça arejados, além de evitar o excesso de umidade acumulado naturalmente com o tempo.

Além disso, essa prática em dias secos e ensolarados pode ajudar a manter os ácaros sob controle – já que se proliferam na umidade e friagem e dificultam uma rotina de cuidar do colchão.

Deixe os pets em caminhas próprias

Dormir com o animal de estimação pode ser muito gostoso, mas pode ser mais uma forma de danificar o colchão e diminuir sua vida útil. Por isso, é melhor dar aos bichinhos camas de pet próprias, que darão conforto até melhor para eles e, consequentemente, para seus tutores.

Além deles adicionarem mais peso ao colchão, até os mais limpos dos animais podem deixar pelos e saliva sobre a cama, além de um possível xixi acidental. 

Siga as orientações dos fabricantes

Independente do tamanho, formato e tipo de colchão, é importante seguir as instruções de fábrica. Alguns incluem até orientações para remoção de manchas e limpeza geral, mas em sua maioria, os colchões podem ser aspirados para remover qualquer poeira da superfície.

Evite usar produtos de limpeza fortes, com químicos, pois podem interferir na integridade da espuma e outros tecidos na hora de cuidar do colchão.

Mesmo que existam diferentes marcas e tipos de colchão, os princípios de manutenção são os mesmos. Basicamente, mantenha a cama sempre limpa e protegida de acidentes e danos, além de evitar ao máximo dobrar a peça e virar sobre a cama para um desgaste uniforme.


A vida útil do colchão depende de diferentes condições, até mesmo do clima da região. Contudo, ao seguir essas boas práticas recomendadas pode ajudar a garantir mais anos de um sono tranquilo e confortável, fazendo seu investimento durar o máximo possível. Veja mais dicas e sugestões para cama e quarto no #TokEmCasa.

Sale Tok Stok

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.