Conheça mais da composição que mistura o estilo escandinavo com o minimalismo tradicional japonês para renovar sua decoração


A mescla da funcionalidade e elegância com um minimalismo espirituoso resultou em uma tendência autêntica e versátil: a Japandi. O nome, que vem da junção de japonês e escandinavo, indica as escolhas do melhor de cada universo para decorar, criando novas possibilidades para os ambientes que vão além da estética.

Sucesso no Pinterest, a tendência é uma das favoritas para inspirar novas formas de decoração da casa, já que valoriza características culturais das suas regiões de origem. A seguir, confira 5 formas de aplicar o estilo Japandi nos seus espaços com pequenas mudanças, levando mais dos dois mundos para os ambientes.

Quais são as características da tendência Japandi?

Para entender melhor esta composição, vamos considerar cada estilo separadamente. Na decoração escandinava, os destaques se concentram na funcionalidade, elegância e sensação acolhedora. Ela visa contemplar o bem-estar e tudo o que facilita a vida no dia a dia, trazendo, assim, felicidade para quem convive naquele ambiente.

Já o estilo japonês de decoração valoriza o uso de materiais naturais, unificando o conceito Wabi-Sabi, que significa “perfeita imperfeição”. Assim, cria-se uma conexão com a natureza a partir do uso de palha, cordas, madeira e pedras. Agora que já sabemos que aspectos de cada estilo foram considerados, veja os passos para levar a tendência para sua casa.

1. Observe a paleta de cores em Japandi

Para levar a tendência para seus ambientes, você pode começar pelas cores. Nela, encontram-se tons claros da decoração escandinava como o branco, bege, cinza e rosa claro. Quando misturado ao estilo japonês, leva também tons mais fechados como azul marinho, caramelo e verde musgo. Essa paleta cria espaços relaxantes e intimistas, independente da sua função. 

2. Use materiais naturais

Na decoração Japandi, os móveis e acessórios feitos com materiais naturais são destaque. Aproveite mesas, aparadores e bancos de madeira, redes e cestos para um efeito mais delicado e misture com objetos em tons escuros para contrastar. Fibras naturais como rattan (uma fibra maleável, leve e resistente comum na Ásia), vime (originária do Salgueiro) e bambu ou itens em cerâmica e barro podem ser vistos nos detalhes decorativos e funcionais.

Ver produtos com materiais naturais >>

3. Leve plantas para os ambientes em Japandi

Nos ambientes menos coloridos, leve algumas plantas para dar sutis toques de verde. Elas ajudam a complementar desde um canto da cozinha até as prateleiras do quarto próximas à janela. Aproveite para explorar vasos de diferentes formatos e materiais, usando suas cores para criar contraposições ao tom do ambiente: vasos escuros em espaços claros e vice-versa. 

Leia também: Brasilidade na decoração

4. Tipos de tecido

Os materiais naturais não ficam reservados apenas para móveis e utensílios. Na tendência Japandi, mantas e almofadas com tecidos orgânicos como algodão e linho deixam sofás, puffs e cadeiras mais acolhedores e delicados. Esses tecidos podem estar também nas toalhas de mesa, guardanapos e roupas de cama, promovendo a sensação de tranquilidade.

5. Paredes para decorar

Na decoração Japandi, a arte também é muito valorizada. Dessa forma, quadros e outras peças de arte criam pontos contrastantes no ambiente. Invista em uma decoração autêntica e personalizada, com itens únicos como cerâmicas pintadas à mão, porta-retratos em madeira com ranhuras, entre outros.

Leia também: Inspirações para decorar com madeira maciça


A tendência Japandi traz um olhar diferente para casa. Ela vai além da estética, já que trabalha o minimalismo em sua essência até os detalhes participantes do dia a dia. Aproveite ainda mais seus ambientes com o conforto dessa proposta e inove na decoração dos espaços, valorizando suas histórias e raízes.

Sale Tok Stok

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.