Saiba como a decoração pode contribuir para uma rotina saudável do pet ao mesmo tempo que harmoniza o ambiente

Ao alinhar a decoração com a convivência do pet, estamos cuidando do bem-estar do bichinho e de todos da casa ao mesmo tempo. Cada vez mais, a forma como os pets são tratados tem mudado de forma rápida e radical. ​Simultaneamente, na maioria dos lares esta mudança teve um resultado comum: um novo membro da família.​

O desafio de muitos donos de cães e gato é encontrar o equilíbrio entre os animais e os móveis da casa. Pelos podem se acumular e arranhados começam a aparecer nas pernas de cadeiras e estofados. Por isso, vamos mostrar como é possível integrar a decoração com a funcionalidade de um ambiente pet friendly.

Tecidos amigos dos animais

Ao optar por revestimentos sintéticos de sofás, cadeiras, puffs e bancos, a limpeza dos móveis é facilitada e a harmonia das pessoas e dos animais será ainda mais amigável. Na maioria das vezes, apenas o aspirador de pó é suficiente para retirar pelos e manter tudo limpo.

Para quem tem gatos, os tecidos com texturas como rendas e costuras, pois é comum as garras enroscarem. Outra vantagem de tecidos com fibra sintética é para o caso do pet urinar, que torna a tarefa de higienização mais simples do que em tecidos naturais.

Decoração com pets: Cama protegida

Cães e gatos devem ter seu “banheiro” reservado em um local de piso frio, longe também da área do comedouro e bebedouro. Contudo, pode ser que ocorram acidentes se eles conseguirem subir na cama. O ideal é investir em capas protetoras de material impermeável, ajudando na limpeza.

Cortinas para decorar

Quem tem gatos sabe que a cortina é um dos lugares favoritos dos gatos. Para manter o tecido sem avarias, evite cortinas de rendas, babados e muitos fios soltos. Aposte também em tapetes plásticos ao redor da cortina e fitas adesivas dupla face para repelir seu movimento. Mas acima de tudo, ensine o gato que ali não é o lugar dele brincar e invista em arranhadores e brinquedos próprios.

Decoração com pets

Usar adornos, acessórios e artigos de decoração pode ser uma questão para quem tem bichos de estimação. Assim como quem tem crianças em casa, mantenha objetos quebráveis fora do seu alcance. Se os pets circulam por toda a casa, considere adotar uma decoração minimalista, usando apenas o necessário para não ter problemas de convivência com o animal. Outra opção é colocar os objetos em cristaleiras, estantes com portas e aparadores que não dão acesso para os bichinhos.

Plantas e pets: sim ou não?

É plenamente possível e até recomendável que se tenha plantas em casa em harmonia com os animais. O mais importante para esse tipo de decoração com os pets é saber quais plantas são tóxicas e venenosas para os bichos, como Azaleia, Copo-de-leite e Comigo ninguém pode. Caso queira ter estas espédies, mantenha-as longe dos bichos.

Por outro lado, algumas plantas como Camomila, Alecrim, Lavanda e Girassol são exemplos de folhas e flores seguras para os animais.

Leia também: Como preparar a casa para receber o pet em 12 passos >>

Caminhas decorativas

Com a diversidade de opções de artigos para pets, é bem comum ter caminhas, tapetes e comedouros para animais de estimação com design arrojado, feitas para fazer parte da decoração. Explore os itens e encontre o que mais se adequa aos seus ambientes para uma decoração com pet amigável e confortável.

Ver artigos para pets >>


Ao considerar um animal de estimação em casa, é essencial prever os imprevistos, pequenos acidentes e travessuras. Os animais domésticos fazem parte da casa e a simples presença deles já muda o ambiente. A decoração ideal para manter a convivência é aquela que deixa humanos e bichos à vontade e felizes.

Sale Tok Stok

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.