Saiba as principais diferenças entre colchões e veja dicas de manutenção para que ele dure mais.


Para ter uma boa noite de sono, é muito importante escolher o colchão ideal para seu corpo e o seu tipo de sono. Por isso, conhecer seus tipos, variações e formas de prolongar sua vida útil faz parte deste processo, já que podem se diferenciar de acordo com a altura, material, densidade e medidas.

Na hora da compra, é preciso escolher o que melhor irá atender às suas necessidades. A Tok&Stok preparou dicas importantes que vão ajudá-lo a descobrir e escolher qual o melhor para você e sua família, além de maneiras para conservar o item por mais tempo.

Veja também: Canto ao lado da cama: o mesmo espaço, vários estilos

Dicas para escolher o melhor colchão

1. Identifique qual a melhor densidade e características o deixa mais confortável: mais duro, mais macio, mais baixo, mais alto, de molas, de espuma, etc;

2. Tenha em mente seu peso e altura. Essas informações servem para ajudá-lo a descobrir qual o melhor colchão e densidade para o seu biotipo. A dica também vale para casais;

3. Ao comprar um colchão de casal, consulte a opinião do(a) companheiro(a). Para casais de biotipos diferentes, o certo é comprar um modelo de acordo com o cônjuge que requer maior densidade, caso o modelo escolhido seja de espuma;

4. Não compre o colchão sem se deitar. Uma vez deitado, seja criterioso ao realizar movimentos e apurar o que realmente sente e não se enganar na hora de escolher o modelo certo;

5. No caso da compra ser realizada para recém-nascidos ou crianças de até três anos de idade, o colchão mais indicado tem densidade 18.

Leia também: Cabeceiras para se inspirar e redecorar o quarto


Tipos de colchão

Chegou a hora de conhecer alguns tipos de colchões para escolher qual deles pode oferecer uma boa noite de sono para você e toda sua família. Confira as dicas e aprenda mais sobre materiais, medidas e densidades usadas em cada modelo.

» Colchões de mola

Com durabilidade de 2 a 5 anos, os colchões de mola – como o próprio nome indica – têm uma estrutura interna formada por molas de aço, que podem ser interligadas (modelo bonnel) ou ensacadas individualmente (versão pocket).

Leia também:
Como escolher o colchão de casal
Cama box: Alternativa para decoração de quartos compactos
5 possibilidades para o quarto (além de dormir)

Pocket

Nesta versão, o movimento fica restrito às peças acionadas, o que dá mais estabilidade, tornando-se o colchão ideal para casais cujos pesos dos cônjuges diferem em mais de 30 quilos. Contudo, se esse mesmo casal optar por colchão de espuma, é indicado escolher a densidade ideal de acordo com o parceiro mais pesado.

Bonnel

Neste modelo, o movimento de uma mola é transmitido a todas as outras, ou seja, quando alguém se deita em um lado, a pessoa deitada no lado oposto também sente a cama balançar.

Veja também: No clima do inverno: Dicas de roupa de cama para o frio

4 dicas para conservar colchão de mola:

1 – Atente-se ao tempo de uso do seu colchão de mola, pois estes modelos têm uma durabilidade média que vai de 2 a 5 anos de uso;
2 – Para evitar sobrecarga no colchão de mola, gire-o em 180º a cada seis meses;
3 – Se possível, escolha um modelo com Pillow-top (camada extra de espuma) que deixam os colchões de mola ainda mais macios e confortáveis;
4 – Evite colocar o colchão de mola em camas com estrados, pois elas deformam este modelo facilmente. Opte por bases Box, pois são planas e mais indicadas para este tipo de colchão.


» Colchões de espuma

A maciez ou rigidez de um colchão de espuma deve ser levada em conta na hora de escolhê-lo. Com durabilidade média de 2 a 3 anos, os colchões de espuma possuem densidades específicas calculadas de acordo com o peso de quem vai usá-lo.

Escolher a densidade do colchão não depende apenas do peso, mas também da altura de quem o usa. A norma brasileira que regula a fabricação de colchões e colchonetes de espuma, NBR 13579, descreve esta relação:

Confira opções de colchão >>

4 dicas para manter colchão de espuma

Uma forma de escolher o melhor colchão é levar em consideração a altura e o peso da pessoa que irá usá-lo. A partir desses dados, fica mais fácil calcular a densidade que o colchão precisa ter para atender os seus requisitos. Veja a tabela abaixo:

1. Gire o colchão em 180º e mude o sentido dos pés para a cabeceira uma vez por mês para evitar desgaste;

2. Troque os lençóis, pelo menos, uma vez por semana para evitar a proliferação de ácaros, fungos e bactérias;

3. Nunca coloque nenhum material (cobertor, plástico, papelão, etc) entre o estrado e o colchão, para que ambos permaneçam sempre ventilados;

4. Use protetores de colchão para evitar manchas: além de funcionar como uma barreira contra a absorção de suor, eles evitam que a umidade danifique o revestimento do tecido.

Confira opções de roupa de cama >>


Saber escolher qual o melhor colchão que corresponde às suas necessidades é essencial para evitar dores no corpo e noites mal dormidas. Fique atento à questões como rigidez e densidade para não comprar a opção errada, pois assim você evita estresse com detalhes que não precisam atrapalhar a sua vida e nem gasta dinheiro com trocas.


Saber escolher qual o melhor colchão que corresponde às suas necessidades é essencial para evitar dores no corpo e noites mal dormidas. Fique atento a questões como rigidez e densidade para não comprar a opção errada, pois assim você pode evitar transtornos após a compra.

Sale Tok Stok

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.